Placas de circuito impresso (PCBs), tudo que você precisa saber

As placas de circuito impresso devem ser a peça de tecnologia mais comum que você encontrará em quase qualquer lugar. Mas exatamente quanto você sabe sobre eles? Aqui discutiremos alguns fatos sobre PCBs que você talvez não conheça.

Por que as placas de circuito impresso são verdes?

Essa é uma das perguntas mais frequêntes sobre essa placa. Na realidade, o painel em si é marrom e a cor verde que você vê é a camada do verniz verde de solda. Embora verniz não precise necessariamente ser verde, essa cor é a mais comum. A origem do uso do verniz de cor verde é indeterminada, no entanto, temos algumas teorias. Alguns dizem que foi baseado em antigos requisitos militares e entrou em uso a partir daí. Alguns também dizem que era a cor da resina mais popular da época, e os laminados também eram verdes e foram adotados em todos os layouts de PCBs. Alguns também dizem que é porque o olho humano tem uma resposta maior à cor verde. De qualquer forma, o verde é usado há muito tempo e será usado, embora algumas empresas permitam que você escolha sua própria cor conforme desejar.

Como esses PCBs foram descobertos?

No desenvolvimento da invenção surgiu de muitos componentes ao longo da história, por volta da década de 1890. No entanto, a invenção real foi de Paul Eisler, um inventor austríaco. Na Áustria, Paul aprendeu sobre o uso da tecnologia de impressão e queria saber se era possível usar o processo de impressão para depositar todos os componentes em uma base isolante, em vez de conectá-los manualmente aos fios. Em 1936, ele desenvolveu seu PCB enquanto trabalhava em um aparelho de rádio. Mesmo assim, eles não ganharam popularidade inicialmente e foram realmente utilizados na década de 1950.

Eles estão em todo lugar! Os PCBs estão quase em toda parte. Nos menores dispositivos elétricos, como relógios, telefones celulares a grandes computadores e processadores. Todos os dispositivos elétricos usam PCBs. O motivo é que eles economizam energia, espaço e podem ser usados ​​em todos os tipos de aplicações.

Como eles são projetados agora?

Para fazer uma PCB, primeiro você precisará fazer um design de layout da sua PCB. Isso geralmente é feito por CAD (Computer Aided Design). Isso é usado para fazer o esquema e projetar o layout das PCBs antes de serem fabricadas, para que os possíveis erros sejam detectados previamente. Os traços e as posições de todos os componentes correspondentes são testados e verificados e, em seguida, o layout é usado para fabricar a PCB.

O que é SMT?

Geralmente você pode ouvir a palavra SMT(Surface MOunt Technology – Tecnologia de montagem em superfície) usada em relação à fabricação de PCB. É uma técnica que utiliza máquinas automáticas para conectar componentes à placa de circuito impresso. É uma das técnicas mais usadas na fabricação de PCB. Originalmente, o método de furo passante era usado na fabricação, mas apresentava muitos erros e, portanto, foi substituído pelo SMT ao longo do tempo.

Para um iniciante, você pode não saber que os PCBs são realmente um caso excepcional em que a fiação não está envolvida. Isso é intrigante, pois a maioria dos dispositivos e tecnologias elétricas usa fiação. Em vez de fios, os PCBs usam traços de cobre para direcionar a corrente em todo o dispositivo e conectar todos os componentes. O uso da fiação pode ocupar muito espaço; no entanto, agora podemos criar placas extremamente complexas que não exigem fiação e podem economizar muito espaço.

Existem muitos componentes individuais usados ​​em PCBs. Cada um tem sua própria função individual que contribui para a função geral do PCB. Isso inclui resistores, potenciômetros, capacitores, indutores, relés, baterias, fusíveis, transformadores, diodos, transistores, LEDs, interruptores etc.

O que são essas gravuras brancas?

Já imaginou o que são essas gravuras brancas que você normalmente vê em um PCB? Essas gravuras brancas são unicamente usadas para identificar componentes e listar informações importantes sobre PCB no quadro. É chamado de “serigrafia”. Pode ser impresso em tela de seda na placa e também pode ser impresso por impressoras a jato de tinta.

Os desenvolvedores estão fazendo esses PCBs ficarem cada vez menores com o tempo, à medida que a fabricação está ficando mais precisa e economizando espaço. Isso também ocorre porque os eletrônicos que usamos hoje também estão ficando menores. A tendência é conseguir mais trabalho de forma concisa.

Eles estão sempre evoluindo dia após dia. Os PCBs estão sendo aprimorados para serem menores, mais rápidos, eficientes e mais confiáveis. Em outras palavras, eles estão em constante evolução. Eles estão sendo feitos o mais flexível possível para usar. Por exemplo, muitos cientistas estão trabalhando para tornar os PCBs biodegradáveis, para que não contribuam para a poluição ambiental. Além disso, novos materiais estão sendo usados ​​para melhorar os PCBs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aqui você encontra os melhores artigos sobre o mundo da eletrônica, da eletricidade e da informática. Com uma linguagem simples e objetiva queremos compartilhar conhecimento com conteúdo de qualidade.